Pesquisar
Dicas de beleza e autocuidado

O post de hoje é TOTALMENTE diferente do que falamos aqui no blog. Eu me senti na obrigação de vir aqui falar sobre assunto, afinal, se trata de algo extremamente sério e do interesse de todos, aqui também é informação, para que assim vocês possam ficar informados sobre o assunto e claro, tomar os devidos cuidados contra o coronavírus.

O que é o Coronavírus

Tudo Sobre o Coronavírus

Coronavírus é uma família de vírus responsáveis por causarem infecções respiratórias. Os primeiros coronavírus foram descobertos em 1937, ou seja, já não é de hoje que ele existe, ele recebeu esse nome em 1965 devido à sua forma que lembra uma cora, o que puderam constatar, após observações em microscópios.

O novo agente do coronavírus foi descoberto em dezembro de 2019, após contatarem casos na china, ele provoca a doença coronavírus (COVID-19).

Vulgarmente falando, o vírus do corona existe desde 1937, sofreu uma “mutação” e causa a doença que infelizmente se disseminou tão rapidamente.

Transmissão

A transmissão do corona ocorre da pelo ar ou pelo contato na secreção de alguma pessoa contaminada, como o contado com gotículas de água expelidas pelo espirro ou tosse por exemplo.

Qualquer pessoa que estiver a menos de um metro de uma pessoa que está infectada, corre o risco de se infectar também.

Observação!

Apesar de sua transmissão ser grande, é menos intensa que a da gripe.

Como o Coronavírus Age no Nosso Organismo

Tudo Sobre o Coronavírus

Por ser um vírus respiratório, começa infectando a garganta, ele não consegue se reproduzir sozinho, por isso ele “sequestra” um mecanismo das nossas células. Ele se fixa às células da mucosa do fundo do nariz e da garganta.

Após se fixar nas mucosas, ele usa as proteínas da superfície como se fosse uma lança, ele ultrapassa a membrana da célula, e dá a ela a ordem de produzir mais vírus. Em pouco tempo, o corpo pode produzir de 10 mil até 100 mil cópias do vírus.

Depois disso, eles destroem a célula de origem, a que infectaram primeiro, e começam a infectar as outras células que estão próximas.

É nesse momento que nosso corpo percebe que o vírus está lá, e começa a se defender, produzindo uma resposta inflamatória, que no caso, é a dor de garganta.

Após infectar as mucosas do nariz e garganta, o vírus vai para os tubos brônquios, que são os tubos que levam ar aos nossos pulmões, e causam inflamações nas mucosas que revestem os tubos. Isso gera uma irritação, começamos a tossir, a e a resposta inflamatória do corpo se intensifica e aparece a febre, junto com ela o mal estar, dores no corpo e perda de apetite.

A situação pode piorar caso o vírus passe dos tubos brônquios ara os pulmões, pois nesse caso, causam inflamação, que é a pneumonia.

O problema nem é somente a infecção, mas também a resposta do nosso corpo à ela. Ele produz substâncias químicas bem agressivas. No caso da pneumonia, cria uma congestão nos pequenos sacos de ar nas bases dos pulmões, os alvéolos. Eles são os responsáveis pela troca de ar, e como estão comprometidos, o corpo não recebe oxigênio suficiente, ocorrendo a insuficiência respiratória, e o coração por sua vez, sem receber oxigênio, não consegue funcionar.

O vírus pode ficar de 5 a 12 dias incubado no nosso corpo antes de apresentarmos os sintomas.

Observação!

Alguns especialistas, acreditam que a infecção não fica somente nos pulmões, podendo se espalhar do nariz até o reto.

Estudos inconclusivos dizem que o corona pode causar danos a outros órgãos e sistemas.

Dados da OMS

80% dos infectados desenvolvem apenas sintomas leves (febre e tosse)

14% desenvolvem sintomas mais graves (falta de ar e dificuldade para respirar)

6% ficam em estado grave (insuficiência pulmonar, falência de órgãos e risco de morte)

Sintomas

Irritação ou dor na garganta

Febre

Cansaço

Tosse

Dificuldade de respirar

Dor Muscular

Como Proceder Caso Apresente Os Sintomas

Prevenção

Tudo Sobre o Coronavírus

Lave as mãos constantemente com água e sabão, principalmente quando sair de casa e tocar em algo.

Use álcool 70% sempre que não puder lavar as mãos.

Evite tocar os olhos, nariz e boca.

Use um lenço de papel para tossir ou espirrar.

Evite sair de casa, saia apenas para o indispensável.

Evite contato com pessoas que apresentam sintomas suspeitos.

Evite aglomerações.

Tratamento

Tudo Sobre o Coronavírus

Não há nenhum medicamento ou tratamento específico, mas muitos estão sendo estudados, caso apresente sintomas leves, sigas as recomendações abaixo, dadas por médicos:

Descanse e durma

Mantenha o corpo aquecido

Beba bastante líquido

Use um umidificador de ar

Atenção!

Medicamentos à base de ibuprofeno aceleram o vírus, caso apresente sintomas, não os use! Use apenas paracetamol ou dipirona.

Grupos de Riscos

Idosos

Diabéticos

Hipertensos

Pessoas com insuficiência renal crônica

Pessoas com doenças respiratórias crônicas

Pessoas com doenças cardiovasculares

Mitos

Animais não transmitem o vírus.

Correspondências e objetos vindos de outros países não trazem o vírus.

Ainda não existe uma vacina contra o vírus.

Segundo a OMS, o uso da máscara é indicado somente para pessoas com suspeita ou que já estejam com o vírus.

Espero de verdade que todas essas informações possam te ajudar de alguma forma. Não se esqueça de compartilhar esse post, isso é muito importante!

Fontes

https://coronavirus.saude.gov.br/

https://www.youtube.com/watch?v=WEMpIQ30srI

https://www.bbc.com/portuguese/geral-51802564

https://g1.globo.com/bemestar/coronavirus/noticia/2020/03/12/saiba-quais-sao-os-grupos-mais-vulneraveis-ao-coronavirus-e-por-que.ghtml

https://sbpt.org.br/portal/mitos-e-verdades-coronavirus/

Cuide-se, fique em casa, lave as mãos, beba água, pense no próximo!

Beijos!




Facebook
Twitter
Pinterest
WhatsApp
Email
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

plugins premium WordPress